Retirar dispositivos digitais do quarto melhora sono da criança

Remover todos os dispositivos eletrónicos do quarto onde a criança dorme pode melhorar a qualidade do seu sono, indica um artigo publicado na revista científica Pediatrics.

Retirar dispositivos digitais do quarto melhora sono da criança

A equipa de investigadores da Penn State - Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos da América, analisou um conjunto de estudos que sugerem que o uso de dispositivos digitais antes de dormir leva a que as pessoas não durmam o suficiente. As conclusões conduziram a uma série de recomendações para pais de crianças e adolescentes, assim como para os profissionais de saúde, que devem promover a educação neste contexto.

As recomendações são as seguintes:

1. Faça do sono uma prioridade, falando com os membros da família sobre a sua importância e as expectativas para um sono saudável;

2. Promova uma rotina de sono que inclua atividades de relaxamento e evite o uso de dispositivos eletrónicos;

3. Encoraje a família a remover todos os dispositivos eletrónicos do quarto da criança, incluíndo TVs, jogos, computadores, tablets e telemóveis.

4. Fale com a família sobre as consequências negativas que a exposição à luz dos ecrãs à noite podem ter para a qualidade do sono.

5. Se uma criança demonstra distúrbios de humor ou comportamento, considere a falta de sono como um fator que contribui para essa situação.

Aceda ao artigo científico completo aqui.

Últimas Notícias

Vacina da gripe será gratuita para grávidas

A Direção-Geral da Saúde vai incluir as grávidas na vacinação gratuita contra a gripe, na época 2020/2021. A vacinação contra a gripe também começará mais cedo, logo no início de outubro.

Brincar com o pai pode melhorar capacidade de autocontrolo da criança, diz estudo

Investigação da Universidade de Cambridge sugere que as crianças cujos pais dedicam tempo a brincar com elas podem ter mais facilidade em controlar o comportamento e as emoções.

COVID-19: DGS indica condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante no parto

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta sexta-feira que as mulheres sem COVID-19 poderão ter um acompanhante durante o parto, sublinhando que “as unidades hospitalares devem procurar assegurar as condições necessárias para permitir” a sua presença.

Bial disponibiliza curso online para futuros pais

Num período em que muitos futuros pais #ficamemcasa, de quarentena ou em isolamento profilático, devido à pandemia COVID-19, BIAL disponibiliza o curso online “Vamos ser Pais!” - www.vamosserpais.pt, especialmente pensado e elaborado para proporcionar a todos os pais a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências que os ajudem a preparar, de forma serena e plena, esta nova etapa da vida.

COVID-19: Estudo sugere que transmissão de mães para filhos na gravidez é possível, mas rara

Um estudo com 33 grávidas, realizado na China, indica que a transmissão do novo coronavírus da grávida para o feto é possível, mas rara. Dados científicos ainda são escassos para poder compreender as vias de contágio e os efeitos da exposição ao vírus na saúde de mãe e bebé.  

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.