Investigadores descobrem as razões dos pontapés do bebé na barriga da mãe durante a gravidez

Escrito por: Michelle Tomás

Investigadores da Universidade da Universidade de Trinity, Dublin, e do Instituto Indiano de Tecnologia em Kanpur, avançam que os bebés se movimentam na barriga da mãe por forma a desenvolver os ossos e as articulações. 

Investigadores descobrem as razões dos pontapés do bebé na barriga da mãe durante a gravidez

Um estudo publicado no jornal online científico Development avança que o facto de o bebé se movimentar dentro da barriga da mãe constitui um indicador positivo no seu desenvolvimento.

O movimento do bebé causa interações moleculares fundamentais e que geram células e tecidos que contribuem para a robustez do esqueleto. É nesta fase que os ossos e a cartilagem se começam a desenvolver por forma a facilitar as movimentações do corpo no futuro.

Estas movimentações começam a ser sentidas entre as 16 e 24 semanas de gestação e estendem-se até às 32 semanas.
Se, pelo contrário, o bebé não se movimentar pode nascer com ossos e cartilagens frágeis. Desta forma, é possível afirmar que os pontapés na barriga da mãe significam que o bebé se está a desenvolver de forma saudável.

Últimas Notícias

Grávidas apresentam maior risco de doença grave e morte por COVID-19, diz estudo

Uma investigação publicada pelo Centro para Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA indica que o impacto da COVID-19 em grávidas é significativamente maior do que em mulheres não grávidas, com a mesma idade.

Vacina da gripe será gratuita para grávidas

A Direção-Geral da Saúde vai incluir as grávidas na vacinação gratuita contra a gripe, na época 2020/2021. A vacinação contra a gripe também começará mais cedo, logo no início de outubro.

Brincar com o pai pode melhorar capacidade de autocontrolo da criança, diz estudo

Investigação da Universidade de Cambridge sugere que as crianças cujos pais dedicam tempo a brincar com elas podem ter mais facilidade em controlar o comportamento e as emoções.

COVID-19: DGS indica condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante no parto

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta sexta-feira que as mulheres sem COVID-19 poderão ter um acompanhante durante o parto, sublinhando que “as unidades hospitalares devem procurar assegurar as condições necessárias para permitir” a sua presença.

Bial disponibiliza curso online para futuros pais

Num período em que muitos futuros pais #ficamemcasa, de quarentena ou em isolamento profilático, devido à pandemia COVID-19, BIAL disponibiliza o curso online “Vamos ser Pais!” - www.vamosserpais.pt, especialmente pensado e elaborado para proporcionar a todos os pais a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências que os ajudem a preparar, de forma serena e plena, esta nova etapa da vida.

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.