Investigadores descobrem as razões dos pontapés do bebé na barriga da mãe durante a gravidez

Escrito por: Michelle Tomás

Investigadores da Universidade da Universidade de Trinity, Dublin, e do Instituto Indiano de Tecnologia em Kanpur, avançam que os bebés se movimentam na barriga da mãe por forma a desenvolver os ossos e as articulações. 

Investigadores descobrem as razões dos pontapés do bebé na barriga da mãe durante a gravidez

Um estudo publicado no jornal online científico Development avança que o facto de o bebé se movimentar dentro da barriga da mãe constitui um indicador positivo no seu desenvolvimento.

O movimento do bebé causa interações moleculares fundamentais e que geram células e tecidos que contribuem para a robustez do esqueleto. É nesta fase que os ossos e a cartilagem se começam a desenvolver por forma a facilitar as movimentações do corpo no futuro.

Estas movimentações começam a ser sentidas entre as 16 e 24 semanas de gestação e estendem-se até às 32 semanas.
Se, pelo contrário, o bebé não se movimentar pode nascer com ossos e cartilagens frágeis. Desta forma, é possível afirmar que os pontapés na barriga da mãe significam que o bebé se está a desenvolver de forma saudável.

Últimas Notícias

Novo algoritmo prevê risco de diabetes gestacional

Um novo algoritmo informático de análise de dados, desenvolvido por cientistas do Weizmann Institute of Science, está a ser utilizado para ajudar a identificar mulheres em elevado risco de desenvolver diabetes gestacional. Esta ferramenta pode ser útil para identificar o risco antes da gravidez ou numa fase inicial do período de gestação, permitindo a adoção de medidas de prevenção da doença, como cuidados nutricionais ou alterações do estilo de vida.

Música poderá estimular desenvolvimento de bebés prematuros

Cientistas do Hospital Universitário de Genebra, na Suíça, tiveram a ideia de   colocar música no serviço de neonatologia, especialmente composta para estimular o desenvolvimento da atividade cerebral dos recém-nascidos prematuros.

Bebé no útero reage à luz antes do que se pensava

No segundo trimestre de gravidez, muito antes de conseguir ver imagens, o bebé consegue já detetar luz.

Poluição do ar pode aumentar risco de aborto espontâneo, diz estudo

Investigação publicada na revista científica Nature Sustainability indica que a exposição a um ar poluído durante a gravidez está associada a um risco acrescido de aborto espontâneo no primeiro trimestre de gravidez.

Bebés compreendem conceito dos números muito antes de conseguirem contar, diz estudo

Novo estudo da Universidade Johns Hopkins sugere que os bebés são capazes de compreender o conceito de contagem, anos antes de conseguirem dizer "1, 2, 3".

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.