Hipertensão na gravidez pode prejudicar saúde cardiovascular da mãe

Um estudo publicado na revista científica Paediatric & Perinatal Epidemiology sugere que a hipertensão na gravidez está associada a um risco acrescido de doenças cardiovasculares mais tarde. 

Hipertensão na gravidez pode prejudicar saúde cardiovascular da mãe

De acordo com uma notícia publicada no portal Science Daily, a investigação analisou uma amostra de 146.748 mulheres grávidas pela primeira vez, acompanhando o seu estado de saúde durante os quatro anos e meio seguintes. Leia o artigo científico completo, aqui.

Entre estas mulheres, 997 receberam um diagnóstico de doença cardiovascular e 6812 desenvolveram hipertensão arterial.

Em comparação com as mulheres que não sofreram de problemas de tensão arterial alta durante a gravidez, as mulheres com hipertensão apresentaram um risco 2,2 vezes mais alto de desenvolver doença cardiovascular e 5,6 vezes superior de desenvolver hipertensão após a gravidez. Esta relação não se verificou em gravidezes seguintes.

Sonia Grandi, doutoranda na Universidade de McGill, no Canadá, e uma das autoras do estudo, defende que estes resultados reforçam a necessidade de acompanhamento médico das mulheres com um historial de hipertensão na gravidez, de forma a controlar de forma precoce os fatores de risco associados a doenças cardiovasculares.

Se a hipertensão surgir pela primeira vez durante a gravidez, denomina-se pré-eclâmpsia. Saiba mais sobre esta forma de hipertensão no artigo Nove Meses escrito pelo obstetra Professor Doutor Luís Mendes da Graça, disponível aqui.

Últimas Notícias

Bial disponibiliza curso online para futuros pais

Num período em que muitos futuros pais #ficamemcasa, de quarentena ou em isolamento profilático, devido à pandemia COVID-19, BIAL disponibiliza o curso online “Vamos ser Pais!” - www.vamosserpais.pt, especialmente pensado e elaborado para proporcionar a todos os pais a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências que os ajudem a preparar, de forma serena e plena, esta nova etapa da vida.

COVID-19: Estudo sugere que transmissão de mães para filhos na gravidez é possível, mas rara

Um estudo com 33 grávidas, realizado na China, indica que a transmissão do novo coronavírus da grávida para o feto é possível, mas rara. Dados científicos ainda são escassos para poder compreender as vias de contágio e os efeitos da exposição ao vírus na saúde de mãe e bebé.  

Cérebros dos bebés e dos adultos “sincronizam” durante a brincadeira

Estudo conclui que cérebros de pais e filhos estão no mesmo “comprimento de onda” quando partilham brinquedos e contacto visual. Mesmo quando os bebés ainda não conseguem falar, estão “ligados” a nós em pensamento.

Consumo de fruta na gravidez melhora desenvolvimento cognitivo do bebé

Um estudo realizado na Universidade de Alberta, no Canadá, concluiu que o consumo de fruta na gravidez pode ajudar a estimular o desenvolvimento do cérebro do bebé. 

Oito formas de demonstrar amor pelo seu filho, segundo a Academia Americana de Pediatria

Com o aproximar do Dia de São Valentim, a Academia Americana de Pediatria (AAP) lança o apelo para que os pais nutram os seus filhos com amor e atenção durante todo o ano.

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.