Especialistas relembram perigos do consumo de álcool na gravidez

A propósito das comemorações do Dia Mundial para a Consciencialização sobre o Síndrome de Alcoolismo Fetal, especialistas internacionais relembraram as razões pelas quais as grávidas não devem consumir álcool durante o período de gestação. 

Especialistas relembram perigos do consumo de álcool na gravidez

O álcool tem efeitos teratogénicos - desenvolvimento de malformações congénitas - e, mesmo em pouca quantidade, atravessa a barreira placentária e permeia o organismo do feto, podendo afetar o seu desenvolvimento, sobretudo ao nível cerebral.

A sensibilização das mulheres grávidas sobre os perigos que o consumo de álcool na gravidez representam para a criança que vai nascer estiveram no centro do debate internacional a propósito do Dia Mundial de Consciencialização para as Perturbações do Espetro do Alcoolismo Fetal, assinalado a 9 de setembro.

De acordo com o diretor geral de Saúde Pública de França, François Bourdillon, o Síndrome de Alcoolismo Fetal (SAF) é a manifestação mais grave das Perturbações do Espetro do Alcoolismo Fetal (PEAF), e afeta hoje um número considerável de bebés. Em França, pelo menos um bebé por dia nasce com PEAF e, a cada semana, pelo menos um bebé nasce com o Síndrome de Alcoolismo Fetal.

Neste sentido, e tendo em conta que a Ciência ainda não demonstrou a existência de um limite máximo "seguro" para o consumo de álcool no período de gestação, a recomendação dos epidemiologistas é: "zero álcool na gravidez".

As Perturbações do Espetro do Alcoolismo Fetal englobam os vários problemas ao nível do desenvolvimento físico, cognitivo, comportamental e de saúde que podem decorrer da exposição ao álcool no útero materno.

Últimas Notícias

Demasiada cafeína na gravidez pode afetar fígado do bebé

Novo estudo indica que a ingestão excessiva de cafeína na gravidez pode prejudicar o desenvolvimento do fígado do bebé e aumentar o risco de doença hepática na idade adulta. 

Exercício-físico na gravidez restabelece principais tecidos do corpo em mulheres obesas

Estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, indica que a prática de exercício-físico imediatamente antes e durante a gravidez ajuda a restaurar os principais tecidos do organismo em mulheres obesas, contribuindo para uma melhor gestão dos níveis de açúcar no sangue e reduzindo o risco de problemas de saúde a longo prazo.

Mortalidade infantil atinge valores mais baixos desde que há registo

Segundo dados recentes apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística, a taxa de mortalidade infantil diminuiu cerca de 0,7% em 2017, atingindo o valor mais baixo de que há registo em Portugal.

Gargalhadas dos bebés semelhantes à dos macacos

Bebés mais novos riem-se como outros primatas. O ser humano é o único que se ri por meio da exalação, ou seja, o ato de expelir ou soltar.

Estudo sugere que crianças memorizam sons durante a sesta

Cientistas analisaram o que as crianças ouvem ou não durante o sono, concluindo que o ambiente sonoro durante as sestas não passa despercebido e gera memórias.

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.