COVID-19: DGS indica condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante no parto

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta sexta-feira que as mulheres sem COVID-19 poderão ter um acompanhante durante o parto, sublinhando que “as unidades hospitalares devem procurar assegurar as condições necessárias para permitir” a sua presença.

COVID-19: DGS indica condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante no parto

De acordo com a mais recente atualização da orientação sobre COVID-19, gravidez e parto, disponível no site da DGS, o/a acompanhante não deve ter sintomas sugestivos de COVID-19 nem ter estado em contacto com pessoas infetadas nos 14 dias anteriores.

“A troca de acompanhantes não é permitida e devem ser cumpridas regras de higienização das mãos, etiqueta respiratória, distanciamento físico, utilização de máscara cirúrgica, bata descartável e protetor de calçado.”, assinala o documento.

Numa nota de imprensa divulgada pela DGS, lê-se ainda que “se a presença de acompanhantes não puder ser garantida de forma segura, podem ser consideradas medidas excepcionais de restrição de acompanhantes, desde que sejam proporcionadas e fundamentadas no risco de infecção por SARS-CoV-2”.

GRÁVIDAS COM COVID-19
No caso das grávidas com diagnóstico de COVID-19, a DGS estipula que “deve ser considerada a restrição da presença de acompanhante", para diminuir a propagação da infeção “a pessoas que possam vir a estar envolvidas nos cuidados ao recém-nascido no seio familiar”.

Quando exista suspeita ou confirmação de COVID-19, a DGS define, entre outras medidas, que o trabalho de parto seja realizado “com monitorização cardiotocográfica contínua”.

Mesmo que a grávida não apresente sintomas sugestivos de COVID-19, deverá fazer um teste durante o internamento hospitalar. Caso não haja suspeita de infeção, “a realização do parto deve decorrer nos moldes habituais, com o reforço das medidas de prevenção e controlo de infeção e a utilização de equipamento de proteção individual adequado”, acrescenta a entidade de saúde.

No que toca à organização dos serviços, a DGS estipula que “cada instituição poderá introduzir restrições na política de visitantes, de forma a limitar o risco de transmissão de SARS-CoV-2 entre pacientes, familiares e profissionais de saúde.”.

A orientação da Direção-Geral da Saúde nº 018/2020 de 30/03/2020, atualizada a 05/06/2020, inclui ainda recomendações ligadas à vigilância da gravidez e aos cuidados urgentes.

Últimas Notícias

Grávidas apresentam maior risco de doença grave e morte por COVID-19, diz estudo

Uma investigação publicada pelo Centro para Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA indica que o impacto da COVID-19 em grávidas é significativamente maior do que em mulheres não grávidas, com a mesma idade.

Vacina da gripe será gratuita para grávidas

A Direção-Geral da Saúde vai incluir as grávidas na vacinação gratuita contra a gripe, na época 2020/2021. A vacinação contra a gripe também começará mais cedo, logo no início de outubro.

Brincar com o pai pode melhorar capacidade de autocontrolo da criança, diz estudo

Investigação da Universidade de Cambridge sugere que as crianças cujos pais dedicam tempo a brincar com elas podem ter mais facilidade em controlar o comportamento e as emoções.

Bial disponibiliza curso online para futuros pais

Num período em que muitos futuros pais #ficamemcasa, de quarentena ou em isolamento profilático, devido à pandemia COVID-19, BIAL disponibiliza o curso online “Vamos ser Pais!” - www.vamosserpais.pt, especialmente pensado e elaborado para proporcionar a todos os pais a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências que os ajudem a preparar, de forma serena e plena, esta nova etapa da vida.

COVID-19: Estudo sugere que transmissão de mães para filhos na gravidez é possível, mas rara

Um estudo com 33 grávidas, realizado na China, indica que a transmissão do novo coronavírus da grávida para o feto é possível, mas rara. Dados científicos ainda são escassos para poder compreender as vias de contágio e os efeitos da exposição ao vírus na saúde de mãe e bebé.  

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.