Cientistas desenvolvem chip que prevê risco de parto prematuro

Uma equipa de cientistas do National Institute of Biomedical Imaging and Bioengineering, nos Estados Unidos da América, desenvolveu um microchip que permite captar e identificar um péptido no sangue que pode ajudar a prever o risco acrescido de parto prematuro. 

Cientistas desenvolvem chip que prevê risco de parto prematuro

Um estudo na área da microfluídica - ciência e engenharia de sistemas com dimensões micrométricas - demonstrou que um novo microchip desenvolvido por uma equipa de cientistas National Institute of Biomedical Imaging and Bioengineering é capaz de prever o risco de parto prematuro.

Segundo uma notícia publicada no portal Science Daily, este sistema tem a capacidade de captar e identificar um péptido raro no sangue, denominado P1, que pode ser indicativo de inflamação, um dos principais fatores de risco de complicações na gravidez.

O microchip, que pode ter um impacto positivo significativo em termos de saúde pública, permitirá aos profissionais de saúde minorar os riscos do parto prematuro e tentar atrasar ao máximo o nascimento.

O estudo foi publicado na revista científica Electrophoresis.

O parto prematuro é a maior causa de morbilidade e mortalidade neonatal.

Últimas Notícias

Grávidas apresentam maior risco de doença grave e morte por COVID-19, diz estudo

Uma investigação publicada pelo Centro para Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA indica que o impacto da COVID-19 em grávidas é significativamente maior do que em mulheres não grávidas, com a mesma idade.

Vacina da gripe será gratuita para grávidas

A Direção-Geral da Saúde vai incluir as grávidas na vacinação gratuita contra a gripe, na época 2020/2021. A vacinação contra a gripe também começará mais cedo, logo no início de outubro.

Brincar com o pai pode melhorar capacidade de autocontrolo da criança, diz estudo

Investigação da Universidade de Cambridge sugere que as crianças cujos pais dedicam tempo a brincar com elas podem ter mais facilidade em controlar o comportamento e as emoções.

COVID-19: DGS indica condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante no parto

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta sexta-feira que as mulheres sem COVID-19 poderão ter um acompanhante durante o parto, sublinhando que “as unidades hospitalares devem procurar assegurar as condições necessárias para permitir” a sua presença.

Bial disponibiliza curso online para futuros pais

Num período em que muitos futuros pais #ficamemcasa, de quarentena ou em isolamento profilático, devido à pandemia COVID-19, BIAL disponibiliza o curso online “Vamos ser Pais!” - www.vamosserpais.pt, especialmente pensado e elaborado para proporcionar a todos os pais a oportunidade de adquirir conhecimentos e competências que os ajudem a preparar, de forma serena e plena, esta nova etapa da vida.

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.