A televisão e a Internet influenciam os hábitos alimentares das crianças, diz estudo

Escrito por: Michelle Tomás

A exposição excessiva aos ecrãs por parte das crianças aumenta o interesse e a probabilidade de consumo de ‘comida de plástico’, indica um estudo destacado no The Daily Telegraph.

A televisão e a Internet influenciam os hábitos alimentares das crianças, diz estudo

Um estudo publicado no The Daily Telegraph refere que a exposição excessiva aos ecrãs aumenta a probabilidade de consumo de “comida de plástico”.

A investigação que contou com uma amostra de 2500 crianças avança que as que assistem a televisão comercial por mais de meia hora por dia têm maior probabilidade de pedir, comprar ou comer ‘comida de plástico’ (alimentos ricos em gordura, sal e açúcar).

Os investigadores descobrem que crianças em idade escolar passam uma média de 16 horas por semana na internet.

Quatro em cada cinco sites mais utilizados são comerciais que exibem publicidade online.

Os especialistas recomendam que o tempo de ecrã para crianças (incluindo TV, smartphones, tablets e videogames) seja restrito a menos de 2 horas por dia.

Últimas Notícias

Música poderá estimular desenvolvimento de bebés prematuros

Cientistas do Hospital Universitário de Genebra, na Suíça, tiveram a ideia de   colocar música no serviço de neonatologia, especialmente composta para estimular o desenvolvimento da atividade cerebral dos recém-nascidos prematuros.

Bebé no útero reage à luz antes do que se pensava

No segundo trimestre de gravidez, muito antes de conseguir ver imagens, o bebé consegue já detetar luz.

Poluição do ar pode aumentar risco de aborto espontâneo, diz estudo

Investigação publicada na revista científica Nature Sustainability indica que a exposição a um ar poluído durante a gravidez está associada a um risco acrescido de aborto espontâneo no primeiro trimestre de gravidez.

Bebés compreendem conceito dos números muito antes de conseguirem contar, diz estudo

Novo estudo da Universidade Johns Hopkins sugere que os bebés são capazes de compreender o conceito de contagem, anos antes de conseguirem dizer "1, 2, 3".

Demasiada cafeína na gravidez pode afetar fígado do bebé

Novo estudo indica que a ingestão excessiva de cafeína na gravidez pode prejudicar o desenvolvimento do fígado do bebé e aumentar o risco de doença hepática na idade adulta. 

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.