O que é a ecografia morfológica?

Escrito por: Iolanda Veríssimo
Com os depoimentos e revisão de: Fonte: Direção-Geral da Saúde

A ecografia morfológica é um exame de imagiologia realizado no segundo trimestre de gravidez, que permite visualizar o bebé no interior do útero e identificar eventuais malformações fetais. Saiba mais sobre este marco na vigilância da sua gravidez.

O que é a ecografia morfológica? class=

A ecografia morfológica é a segunda ecografia realizada no período de gestação, constituindo um importante cuidado de vigilância na gravidez, por despistar a existência de malformações fetais que possam não ter sido identificadas na primeira ecografia.

Esta ecografia obstétrica deve ser feita por todas as grávidas que se encontrem no segundo trimestre de gestação, mais precisamente entre as 20 e as 22 semanas + 6 dias de gravidez. Este é o período ideal para fazer uma análise morfológica completa e avaliar a existência de eventuais malformações congénitas, visto que o feto tem já uma dimensão suficiente para estudar com mais pormenor e rigor a sua anatomia.

A ecografia morfológica será também importante para confirmar informação recolhida na ecografia do primeiro trimestre e, em grande parte dos casos, este exame permite ainda saber o sexo do bebé.

Como se desenrola a ecografia morfológica?

A ecografia morfológica recorre à reflexão, ou eco, produzida por ultrassons – sem efeitos nocivos para a mãe ou para o bebé - para analisar em tempo real os vários órgãos e estruturas do feto em desenvolvimento.

Para tal, o/a médico/a obstetra aplica na barriga da grávida um gel, que facilita a passagem dos ultrassons, e coloca uma sonda ecográfica na região abdominal, que lhe permite estudar cada órgão e estrutura do bebé.

Que aspetos são avaliados na ecografia morfológica?

Através deste exame não invasivo e indolor, o/a obstetra pode ainda avaliar se o feto está a crescer normalmente, medindo o perímetro cefálico, perímetro abdominal e comprimento do fémur, avaliando o volume do líquido amniótico e a localização da placenta.

A ecografia morfológica é um marco na vigilância pré-natal, fazendo parte do plano de ecografias obstétricas previstas no Programa Nacional para a Vigilância da Gravidez de Baixo Risco da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

Esta ecografia apresenta ainda como objetivos confirmar a idade gestacional do feto e a viabilidade de gestações múltiplas.

Contudo, mesmo que a ecografia morfológica tenha um resultado normal, isso não garante que o bebé nasça sem alterações físicas ou eventuais problemas de desenvolvimento. A precisão deste exame de imagiologia depende de vários fatores, nomeadamente o tipo de malformação existente, a posição do feto e as especificidades de cada grávida.

Como pode preparar-se para a ecografia morfológica?

À semelhança do que acontece com a ecografia do primeiro trimestre, a ecografia morfológica não implica nenhuma preparação em especial. Contudo, é recomendável evitar a aplicação de cremes gordos ou óleo no abdómen, nos dias que antecedem o exame, pois estes produtos podem interferir na precisão das imagens.

Outros Artigos deste tema

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.