É comum ter anemia durante a gravidez?

Escrito por: Dr.ª Mariana Mouraz, especialista em Ginecologia e Obstetrícia do Centro de Saúde Militar de Coimbra.

A anemia é muito frequente na gravidez. É por ser tão frequente que se fazem análises pelo menos 3 vezes durante a gestação para despistar este problema.

É comum ter anemia durante a gravidez? class=

É por ser tão frequente que se fazem análises pelo menos 3 vezes durante a gestação para despistar este problema.

Ter anemia significa que os seus glóbulos vermelhos ou a hemoglobina encontram-se diminuídos.
A anemia mais frequente na gravidez é a anemia ferropénica (deficiência de ferro). Isso ocorre porque grande parte das mulheres tem uma reserva muito baixa de ferro, que associada ao aumento dos requisitos de ferro próprios da gravidez e a uma dieta (muitas vezes) inadequada, pode levar a uma redução importante que resulte em anemia. Uma alimentação equilibrada que contemple alimentos ricos em ferro é muito importante de forma a compensar parte das necessidades da grávida e do bebé.

Quais são os alimentos ricos em ferro?
• Origem animal (mais facilmente absorvidos): carne (+vermelha) e gema de ovo.
• Origem vegetal: espinafres, couve-portuguesa, ervilhas, feijão, brócolos, nozes, avelãs, cereais integrais
Uma dica útil: beber sumo de laranja ou comer uma laranja junto da refeição rica em ferro ajuda na sua absorção pelo organismo. O cálcio, pelo contrário, diminui a absorção do ferro.

Na gravidez, só a dieta não é suficiente para satisfazer todas as necessidades de ferro, por isso é necessário um suplemento extra. Esta suplementação em ferro é necessária mesmo em mulheres que iniciam a gravidez com bons depósitos!

O sintoma mais frequente de anemia é o cansaço, outros sinais/sintomas incluem a palidez, unhas e cabelo mais frágeis, palpitações e uma menor tolerância ao esforço, como subir vários lanços de escadas ou a caminhada que fazia com uma “perna às costas” torna-se difícil de cumprir no mesmo tempo. Atenção! algumas destas queixas são semelhantes às da gravidez normal! Na dúvida fale com o seu médico.

A anemia é mais frequente a partir do 2º trimestre da gravidez e implica suplementação com ferro oral (comprimidos ou ampolas). Em situações menos frequentes poderá ser necessário fazer ferro por via endovenosa ou em situações mais graves, transfusão de sangue.
Ter anemia na gravidez pode significar um acréscimo de alguns riscos: infeções maternas, parto pré-termo, baixo peso à nascença, depressão pós-parto e aumento da mortalidade materno-fetal.

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.