Exercício físico

Escrito por: Paula Braga
Com os depoimentos e revisão de: Dra. Tatiana Dominguez, Mestre em Exercício e Saúde.

Mesmo grávida, declare guerra ao sedentarismo. Exercitar é a palavra de ordem. 

Exercício físico class=

O exercício físico durante a gravidez é cada vez mais incentivado. Porém, nem toda a atividade física é recomendada e há sinais de alarme que podem determinar o fim da prática desportiva. Esteja atenta e peça conselho ao seu médico obstetra!

O exercício físico durante a gravidez é cada vez mais incentivado. Porém, nem toda a atividade física é recomendada e há sinais de alarme que podem determinar o fim da prática desportiva. Esteja atenta e peça conselho ao seu médico obstetra!

Atualmente, já não há dúvidas: o exercício físico é importantíssimo para a grávida e para o seu bebé. Contudo, o historial clínico e desportivo da mãe, bem como a evolução da gravidez, têm influência na prescrição do treino. Quem nunca praticou qualquer atividade antes de engravidar deve aguardar pelo início do segundo trimestre para o fazer, mas se já praticava exercício físico com regularidade, provavelmente manterá a atividade, embora com alguns ajustes.

Ninguém melhor que o seu médico para orientá-la em segurança. Por isso, é obrigatório aconselhar-se com o seu obstetra antes de iniciar qualquer prática desportiva. Há atividades que a seduzem mais, mas podem não ser adequadas ao seu caso. A caminhada é de todas a que reúne maior consenso, mesmo para as mulheres sedentárias. «É um exercício de baixo risco que ajuda a manter a condição física e contribui para o bom funcionamento do aparelho cardiorrespiratório. As atividades aquáticas (natação e hidroginástica) são também muito recomendadas, por não oferecerem impacto sobre as articulações», esclarece Tatiana Dominguez, Mestre em Exercício e Saúde.

Desportos a evitar

Se a grávida se sentir motivada para participar em aulas coletivas ou caso consiga ter acesso a um centro de preparação para o parto seria o ideal. «Nestes espaços especializados em exercício na gravidez há profissionais com formação adequada que garantem a prática do exercício em segurança. As aulas de grupo são constituídas apenas por grávidas e com exercícios específicos para a gravidez que incidem nas áreas posteriores da coxa, glúteos e músculos da zona posterior do tronco. Também é dada especial atenção ao fortalecimento do pavimento pélvico», sublinha a Mestre.   

As práticas desportivas a evitar são todas aquelas que envolvam impacto, risco de queda, mergulho ou outras que possam oferecer sérios riscos de traumas para a grávida e para o seu bebé. Falamos, por exemplo, de ciclismo, judo, kickboxing, ténis, esqui, hipismo, body combat, entre outros.

Benefícios e sinais de alarme

A melhoria da condição física global, uma melhor adaptação cardiovascular à nova situação hemodinâmica, prevenção da diabetes gestacional e do aparecimento de varizes, facilitação do trabalho de parto, bem como a promoção de uma postura correta durante a gravidez são alguns dos benefícios que resultam da prática de exercício físico durante a gravidez.

Em condições normais, a grávida pode praticar desporto até ao fim dos nove meses, salvo se forem detetados alguns sinais de alarme, como:

  • Perda de líquido ou sangue vaginal
  • Inchaço repentino de tornozelos, mãos e face
  • Tromboflebite (inchaço, dor e vermilhão nas pernas)
  • Perdas momentâneas ou perturbações de visão
  • Fortes dores de cabeça ou tonturas
  • Aumento da FC ou da PA persistentes após o exercício
  • Fadiga excessiva, palpitações ou dor no peito
  • Contrações persistentes (+ de 6 a 8 por hora)
  • Insuficiente ganho de peso
  • Dores abdominais sem causa aparente
  • Perda de líquido amniótico

Neste caso, informe o seu médico e interrompa imediatamente a prática de exercício. Excluindo estas situações, não se renda ao sedentarismo. Pratique exercício com moderação e conhecimento do seu obstetra, potenciando um estilo de vida saudável com repercussões a médio e a longo prazo. 

Outros Artigos deste tema

Subscreva a Newsletter

Receba informação semanal adaptada ao desenvolvimento da sua gravidez.